Marketing digital: 3 dicas para montar um planejamento de conteúdo efetivo

  • 05/fev/2020

“A existência de um conteúdo conciso, qualificado e frequente traz para o cliente a sensação de credibilidade e consequentemente aumenta o engajamento”.

 

 

Criar, disseminar e posteriormente vender. Essa é essência do marketing do conteúdo, uma das estratégias mais efetivas para quem deseja inserir e alavancar uma marca por meio do Instagram. Nessa tática, a empresa aborda assuntos que facilitam a vida do cliente, se torna autoridade no assunto e dessa forma adquire o poder de influenciar na compra. Mas como fazer isso?

 

De acordo com a especialista em marketing digital Júlia Munhoz, para adotar esse método é necessário, inicialmente, definir, separar e organizar quais conteúdos serão disseminados na rede. “Não se organizar e planejar o conteúdo das postagens pode fazer com que você acabe sem conteúdo qualificado para postar. E esse é um grande problema”, aponta.

 

A existência de um conteúdo conciso, qualificado e frequente traz para o cliente a sensação de credibilidade e consequentemente aumenta o engajamento — que traz seguidores organicamente. “Os seus seguidores estarão diariamente na sua página esperando por novos conteúdos que lhe agreguem. Quando você posta diariamente conteúdos de valor, saiba que eles estarão esperando pelos próximos, ansiosamente”, assegura Júlia.

 

1. Planejamento

O ideal é planejar o conteúdo com antecedência, assim há a possibilidade de dedicar apenas um tempo específico para isso, o que poupará boas horas do dia a dia. Outro ponto é que definir, o quê, como e quando postar, pois, isso assegura que o seguidor terá sempre conteúdo de qualidade. Inclusive, a especialista aponta que existem aplicativos que auxiliam no agendamento dessas publicações.

 

De modo geral, para definir os pontos com clareza, Júlia Munhoz recomenda separar em tópicos e subtópicos os temas que deseja abordar. Porém, esses assuntos devem ser baseados nas necessidades, dificuldades, dores, objeções, sonhos e transformações do cliente que deseja alcançar. “Pesquise com a sua audiência os conteúdos que eles gostariam de receber de você, ferramentas de perguntas e interação do próprio Instagram podem ajudar”.

 

Feita a seleção, o conteúdo pode começar a ser produzido com base em fontes de pesquisa confiáveis. “Se mantenha atualizado sobre o seu tema”, recomenda a especialista.

 

2. Consistência e frequência

A consistência é uma grande parte do segredo. Júlia Munhoz alerta que caso a empresa não mantenha uma constância, o engajamento cairá bastante, e isso vai fazer com que as pessoas esqueçam da página, que poderá inclusive ser substituída pela concorrência. “Lembre-se, quem não é visto, não é lembrado”, avisa.

 

É importante estar sempre em evidência e com conteúdo de qualidade. Dessa forma, a marca sempre estará dentro da cabeça das pessoas e, quando elas pensarem em serviços ou produtos, vão associar automaticamente à marca.

 

3. Defina o número de postagens

Antes de programar, é importante definir qual será o número de postagens e em quais formatos estarão — vídeo, foto ou arte. Segundo a especialista em Marketing, o ideal é de três as quatro postagens diárias. “Quanto mais você é visto pela sua audiência, mais você fica na cabeça dela. Mas lembre-se de sempre entregar conteúdo de valor”, alerta. Júlia aponta ainda que por postar, só trará prejuízo para a página, tais como queda de engajamento, descredibilidade, desinteresse e falta de interação.

 

Exagerar também não é uma estratégia inteligente. De pouco adianta postar muito conteúdo um atrás do outro. “Você precisa respeitar o tempo de visualização de cada postagem, que não entra imediatamente no feed de todos os seus seguidores. O ideal é dar um espaço de pelo menos 2 horas entre uma postagem e outra”, recomenda.

 

Fonte: Portal Administradores

Compartilhe: