5 dicas para não errar na hora de fazer liquidação no varejo

  • 27/jul/2018

O fim do ano está chegando, trazendo junto uma ótima época para as vendas. Mesmo que ainda timidamente, a economia começa a mostrar sinais de recuperação em diversos setores. É a hora de você criar diferenciais! Uma boa liquidação no varejo pode turbinar suas vendas e garantir bons resultados ainda em 2017. 

 

Promoções e liquidações de fim de ano não são uma novidade no mercado, mas costumam ter sucesso ao atrair bons clientes. Mas isso depende da forma como você fará o trabalho. Este é um momento para se diferenciar, já que todos os concorrentes estão pensando justamente a mesma coisa.

 

Veja algumas dicas para turbinar suas vendas neste fim de ano:

 

 

1. Verifique a disponibilidade do seu estoque

Naturalmente a liquidação aumentará o seu volume de vendas. Por isso, antes mesmo de iniciar a divulgação, é preciso que você faça uma boa conferência no seu estoque. Certifique-se de que possui margem suficiente para atender a todos os pedidos até o final da oferta.

 

Vale lembrar que a liquidação no varejo é uma ferramenta de marketing poderosa também para a imagem da sua loja. Deixar de atender a pedidos por falta de estoque poderá arranhar a sua reputação e dificultar até mesmo vendas futuras.

 

 

2. Defina um prazo para a liquidação

A liquidação no varejo deve ser um momento especial, durante o qual você cria um diferencial para o seu negócio. O ideal é definir um período de curto ou médio prazo.

 

Existem dois principais motivos para você proceder dessa maneira: o primeiro é criar um senso de urgência na cabeça do cliente, levando-o a comprar com você por receio dos preços voltarem ao normal. O segundo é a própria credibilidade: liquidação é uma oferta especial. Se a sua loja sempre está liquidando, é sinal de que seus preços são sempre aqueles, tirando o impacto da ação.

 

 

3. Faça ofertas direcionadas

Ter em mente qual é o seu público-alvo é fundamental para o sucesso da liquidação. As ofertas devem ser, na medida do possível, personalizadas para que o cliente sinta-se realmente especial para a sua loja.

 

Por isso, defina produtos específicos e elabore descontos que façam diferença de fato.

 

 

4. Trace metas para a liquidação

A liquidação precisa ser atrativa tanto para os seus clientes quanto para os seus funcionários. Por isso, é preciso criar objetivos e metas a serem atingidos.

 

Para os vendedores, o incentivo por produção é muito importante, tanto para complementar o salário quanto para a própria motivação profissional.

 

 

5. Aposte nas redes sociais

As ações de marketing são fundamentais para o sucesso da sua liquidação, e as redes sociais podem ser uma boa saída.

 

As mídias tradicionais estão dividindo o espaço com as novas mídias, que são uma forma muito mais barata e eficiente de divulgar o seu negócio. Com isso, por meio de postagens, você consegue alcançar um número muito maior de clientes interessados nos produtos da sua loja.

 

Fonte: blog.dnashopper.com

Compartilhe: